A vida

Nada do outro mundo, nos últimos tempos.

Ando com mais trabalho aqui do que habitualmente, o que é bom por um lado, mas é, ao mesmo tempo, cansativo.

Uma coisa boa: ando a ler imenso. Graças à N-Gage. É curioso… já há várias semanas que 99% do uso que lhe dou é a leitura… o 1% que resta engloba falar ao telefone, enviar e receber SMSs, e jogos. É realmente fantástico (se bem que a maior parte das pessoas a quem comento isto olha para mim com um olhar parado que faz lembrar vegetais e Groo) andar sempre com uma pilha de livros no bolso, e poder puxar do que estou a ler a qualquer momento, esteja onde estiver. Acho que estou a fazer uma média de 2-3 livros por semana. Ainda ontem acabei o “Hulk”, do Peter David; agora estou a ler o “Sir Apropos of Nothing”, do mesmo autor. Hilariante, até agora. 🙂 O tipo devia mesmo escrever mais livros na primeira pessoa; já o “I,Q” foi só rir e rir e rir (e rir).

Com a A., tudo maravilhoso. Pequenos atritos, mas resolveram-se rapidamente, e continuamos (quer dizer, eu continuo, mas ela parece partilhar a (da?) minha opinião) a adorar estar um com o outro. Dou por mim é a ter de competir com os jogos no Palm… 😀

Ando a fazer uma estranha e incompreensível experiência para equilibrar as minhas finanças ao longo dos próximos meses. Ainda não sei se vou obter sucesso… só o tempo o dirá. Mas as perspectivas parecem boas – afinal, já me vou conhecendo, e já sei mais ou menos o que é que funciona comigo – sou muito “visual”, e se puder visualizar tanto os recursos financeiros como as dívidas ao longo do tempo, tenho uma muito melhor sensação de “estou a progredir” do que, simplesmente, olhando para um número, enquanto tento resistir à tentação de comprar a próxima season do Star Trek (e ainda me faltam taaaaantas… :()

E por agora é tudo… more to come soon. I hope.

Etiquetas:

Os comentários estão fechados