Tudo e mais alguma coisa

Como qualquer idiota pode ver claramente, não tenho escrito aqui nos últimos tempos.

Isso porque não tenho andado bem. Nada, mesmo. Alterno entre tristeza, frustração, raiva, vazio, e mais alguma raiva (tudo parece acabar sempre na raiva, por alguma estranha razão). Mas uma coisa que sempre me incomodou é o “whining”, e por isso não quis que o meu blog (ou o que quer que eu faça) se tornasse tal coisa.

Ao mesmo tempo, também não acho que um blog cheio de entradas tipo “hoje não fiz nada de especial” ou “estou com sono” ou coisas do género tenha interesse.

Mas, por outro lado, o “tenha interesse” pode-se tornar uma armadilha. Afinal, se escrevo, escrevo para quem? Para mim? Para os outros? Para uma combinação dos dois? E escrevo porque me dá prazer? Porque me apetece? Ou apenas por “dever”? Existe tal coisa?

Não me parece.

Sendo assim, a única coisa “sã” a fazer é… anything I want.

Quem gostar, óptimo; quem não gostar, paciência.

3 Comentários a “Tudo e mais alguma coisa”

  1. Até que enfim uma atitude 🙂
    Eu gosto…
    Bom regresso. Um beijo.
    A M O

  2. tao diz:

    Indeed!!
    Até que enfim!! 😀

  3. Swordax Mace diz:

    Arg, matie! All swords on deck, mutiny be afoot on the ship! 😉