Curtas – 20050726

Estou com sono. Isto de acordar às 7 da manhã não é mesmo boa ideia…

Ando com uma dor num ouvido há uns tempos, pelo que vou ver se hoje vou ao médico. É algo que raramente faço (ir a médicos em geral), por falta de tempo, por não estar inscrito em nenhum centro de saúde nem ter os descontos de saúde de 95% que toda a humanidade parece ter, excepto eu… e por nunca saber onde começar. É daquelas coisas que tenho sempre de pedir à família, pelo menos quando se trata da primeira vez de qualquer caso.

Mulher-a-dias amanhã. Argh, outro dia a madrugar… 🙁

Ando a gostar de escrever neste blog e no outro. Ainda hoje estava a comentar isto: escrever faz bem. Ajuda a clarear as ideias, e a “arrumá-las”. Às vezes, seja a escrever o que nos vem à cabeça, seja a ler o que acabámos de escrever – ou o que escrevemos há meses ou anos – apercebemo-nos com clareza de certas coisas, sobre nós, sobre a nossa vida, etc..

Recomendo vivamente que escrevam. 🙂 Um blog é uma forma, mas não a única.

2 Comentários a “Curtas – 20050726”

  1. velvetsatine diz:

    Mt cuidado com esses ouvidos. Lembro-me daquele problema grave q tiveste, qd a tao te levou ao hospital e tudo.

    O cartão de utente tens de ter. Dirige-te ao centro de saúde da tua área e informa-te, mas prepara-te para perderes um dia nisso. Trata disso.

    E sim:escrever faz bem e nota-se bem o teu entusiasmo. 😉

  2. Kanzentai diz:

    Hey, I write!! And it’s a blog, too!! *Gasp*

    Tenho a dizer que Frostfang é Frostfang apenas por uma questão de estética morfológica. Começou por ser o nome para uma espada que desenhei uma vez (cujo papel perdi, com muita pena minha), mas acabou por ser transferida como apelido para um nome, sendo esse nome Kromgar Frostfang 🙂

    Bem, foi no tópico errado, mas escrevi ^_^
    É realmente engraçado ler o que se escreveu há uma semana, um mês, um ano, ou mais… dá uma melhor ideia de o quão mudamos. Porquê? Darei os meios para obter a resposta, mas não a resposta em si: na altura em que o escrevemos, escrevemo-lo porque era o que pensávamos, sentíamos, defendíamos nessa altura. Para uma pessoa com mood swings como eu aquilo é bastante “curioso” 😛

    Walk on writing, walk on typing but don’t walk too much! Why? Porque depois demora mais a voltar 🙂