20050909

Dia calmo, hoje. Até agora, pelo menos.

Voltei a “ouvir” por estar a escrever no Tlog, mas continuo a achar que ele não tem razão. Não estou atrasado nas minhas tarefas, não há nada a funcionar mal. Acho que o que o frustra é que eu tenha tempo livre, e me recuse a fingir que estou a trabalhar. Mas já se falou bastante disto (incluindo no próprio Tlog), e não vale a pena bater mais na mesma tecla. Algo tem de mudar – o problema é que para mudar mais depressa, preciso de mais tempo livre, e há alguém decidido a tirar-me todo o tempo livre possível – nem que seja a fazer coisas inúteis, que não trazem qualquer benefício à companhia.

Mentalidades diferentes. Para mim, o que conta são os resultados; para qualquer chefe, no entanto, o que conta, pelos vistos, é manter aparências, e “boa liderança” é manter os membros da equipa ocupados. É a típica mentalidade portuguesa – as pessoas não são pagas para produzir, mas para estar ocupadas 8 horas por dia. Já tive colegas a dizer-me que, realmente, concordam que estou a ser pago para “trabalhar 8 horas por dia”, e que se não estou ocupado essas 8 horas, então não estou a cumprir o meu dever.

Bah!

Os comentários estão fechados