Aventuras Natalícias (e não só)

A noite de Natal foi… normal, e calma. Boa comida, bom vinho, algum convívio com a família, mas também passei um bom tempo a jogar na DS. Acho que não estava muito social naquela noite.

No dia 25, fui às Caldas da Rainha, visitar o outro lado da família. Também foi calmo – bem mais do que noutros Natais. Não houve discussões, nem nada. Devido a um pequeno acidente, acabei com as calças e camisola cheias de sopa (foi quase um prato inteiro), o que foi meio chato, e impediu-me de ir dar o passeio habitual a pé pelas Caldas, para tomar café. Mas tudo acabou bem.

Dia 26 foi dia de descanso, finalmente. Casa, gatos, jogos, filmes. E, melhor do que tudo, zero pessoas. Às vezes preciso mesmo disto.

Ontem, dia 27, fui a Madrid em trabalho, com um colega. Nem deu para sair do aeroporto, e foi ir e voltar no mesmo dia. Levei o “I am Legend”, do Richard Matheson, e acabei-o – também, é um livro curto. Apesar de ser com vampiros, em muitos aspectos parece mais uma história de zombies do que de vampiros. Bem bom.

Hoje… de volta ao trabalho. Mas não estou lá muito bem. Dormi bem menos do que devia, estou irritável, com imensa vontade de descansar sozinho. Adorava ter férias para gozar…

Um Comentário a “Aventuras Natalícias (e não só)”

  1. Pois, olha, eu cá continuo a assoar-me. 😀