Feliz vocês-sabem-o-quê

Provavelmente já não verão isto a tempo (que tipo sem vida é que lê blogs na tarde de dia 24 de Dezembro?), mas… feliz Natal, e essas coisas todas que se dizem nestas alturas.

E não, não é nenhuma contradição um ateu comemorar o Natal. Primeiro, o feriado era originalmente pagão, e é bem mais antigo do que o suposto nascimento de Jesus Cristo; segundo, para mim, tem mais a ver com tradição, com a família reunir-se, possivelmente trocar prendas, e conviver, o que, por alguma estranha (e estúpida) razão, está aparentemente proibida de fazer durante o resto do ano. 🙂

Os comentários estão fechados