E a vida continua…

… ou não estaria a escrever isto, não é?

Não ando numa das melhores alturas da minha vida, mas também não é o fim do mundo. Simplesmente vou andando. Ando preocupado com o dinheiro, já que com as dívidas actuais a ser pagas mensalmente, o que ganho, mais o que lucro com os sites, ainda está relativamente longe de chegar. E não quero mesmo pedir mais dinheiro ao meu irmão, que já ajudou bem mais do que era suposto.

Logo, tenho de arranjar uma solução. Vamos ver o que é que me vem à cabeça…

De resto, estou a experimentar, pela primeira vez, usar um cliente de blogging. A ideia dos referidos é tornar o “bloganço” mais confortável e eficiente, dando-nos um editor WYSIWYG decente (já que não corre no browser, com javascripts pesadíssimos), spell-checker (não muito necessário para mim, a não ser para algum typo que me escape), e, talvez mais importante do que tudo, edição offline. Ou seja, posso escrever à vontade, sem atrasos causados por a ligação estar lenta, ou coisas parecidas.

Estou a experimentar o BlogJet. É pago, mas ainda estou no período de teste, e vamos ver se o registo, no fim do mesmo. Até agora, estou a gostar. Já ouvi dizer muito bem do Ecto em Macs, mas não sou rico , e o Windows Live Writer provavelmente está completamente infestado de Internet Explorer.

2 Comentários a “E a vida continua…”

  1. […] como já tinha dito noutro post, tenho andado a experimentar com clientes de blogging. Já fiz vários posts com o BlogJet, e gosto […]

  2. nuno diz:

    mister… has de me dizer depois ao certo quanto é que te estao a pagar… my advice é falares com o boss ou com o big boss sobre isso e tentares puxar mais um cadinho daqui por uns meses… besides ha mais umas voltas que podes dar… é falares com alguem que te explique como a coisa funciona. fica bem… see ya there.