Saudades de… Jogos de PC

O portátil continua no arranjo… o que significa que não tenho nenhum PC com Windows em casa, e nem tenho nenhum PC livre (e suficientemente potente) para usar para computador de jogos. Naturalmente, o que é que isso faz? Faz com que eu, que já praticamente nem jogava em PC, ande agora com uma tremenda vontade de o fazer. 😕

E parte da “culpa” é deste post, que neste momento ainda está na primeira página do Ostras, e para o qual olho sempre que aqui venho por qualquer razão. Está lá o Planescape: Torment. Está lá o Sid Meier’s Alpha Centauri. Acho que não preciso de dizer mais nada (poderia mencionar o Star Control 2, mas ainda o acabei há relativamente pouco tempo, e de qualquer forma esse é multi-plataforma e joga-se bem em Linux).

É claro que, além desses dois clássicos, há outros jogos de PC que adorava poder jogar, e os quais não tenho PC para o fazer, mesmo quando tinha o portátil lá em casa. Por exemplo, o Medieval: Total War 2, jogo que me fascina pela sua imensidão e pelo meu interesse por história, e que humilhou totalmente o meu portátil quando o tentei instalar nele. Sim, tenho lá em casa um original, na sua caixa, à espera de um dia ter um PC “a sério”. Mas o dinheiro não abunda, e não posso pensar nessas coisas agora.

De qualquer forma, só poder jogar o Alpha Centauri e o Torment já me faria sorrir.

Até lá, comecei há dias a explorar o Grand Theft Auto 4 na Xbox 360, e estou a adorá-lo. Quem não tem cão…

Etiquetas: , , ,

2 Comentários a “Saudades de… Jogos de PC”

  1. Sarita diz:

    Entao e nao há amigos ou irmoes gaijos que se possam chatear para se poder ir jogar com eles? Ou eles nao tem PCs “a sério”? Isto já nao há amigos como antigamente 😉

    • Eu fazia esse género de coisas na adolescência (e faziam-me a mim), mas acho que ir para casa de alguém jogar aos 34 anos é meio estranho. 🙂 Quer dizer, eu faço os almoços lá em casa com o pessoal, e depois passamos a tarde a jogar, mas aí é diferente: é algo social, e normalmente limitamo-nos a jogos que nos incluam a todos.

      Mas ir para casa de alguém para passar um dia ou noite inteiros a jogar sozinho um jogo de estratégia ou aventura… I don’t think so. 🙂

      Tenho a DS, a Wii e a 360. Terão de ser suficientes (e o facto de neste momento me estar a apetecer imenso jogar jogos de PC é prova mais do que suficiente de que queremos sempre o que não temos…).