Bares com Metal em Lisboa?

Já perguntei noutros sítios, agora pergunto aos infindáveis leitores (yeah, right) deste blog: conhecem algum bar com heavy metal em Lisboa ou arredores? Pelo menos com noites temáticas desse género, como o antigo Tocsin tinha às sextas-feiras?

Obrigado desde já. 🙂

Etiquetas: , ,

20 Comentários a “Bares com Metal em Lisboa?”

  1. João Sacramento diz:

    Tens o Santuário do Rock e o Covil em Almada

    • Recomendo vivamente o Covil em Almada

      • Já googlei mais um pouco. O Covil está aberto todos os dias (excepto Segunda) até às 2 da manhã, mas nos Domingos abre também à tarde, certo?

        Já não vou a um bar / disco à tarde desde a adolescência. 🙂

        • falso diz:

          O covil é se gostares de gógós e caga-morcegos porque metal aquilo nao tem nada

          • A descrição diz:

            Metal, Gothic, 80s, Electro, Industrial, Indie, Folk, Rock

            É claro que se gostamos de um género e não dos outros, os outros parecem durar uma eternidade, e o que a gente aprecia passa num instante… será daí?

            Ou terá noites temáticas? Tenho de explorar melhor a página.

    • Ia perguntar se o Santuário do Rock era também em Almada, mas entretanto já googlei e vi que sim. Thanks. 🙂

      • Ricardo diz:

        (Sabendo que isto já vai com uns meses largos de atraso.)

        O Covil e o Santuário sao praticamente portas pegadas. O Santuário tem uma onda mais glam/hard rock, enquanto o Covil incide mais em metal, nos seus vários géneros e nao só gogos. A populaça no entanto e bastante eclética no Santuário (afinal é uma instituiçao de Almada Velha) e no Covil passa muito por gente de “roupas estranhas”.

        Recomendo ambos!

  2. So no Porto, um tal de “heavens” ou o caracas…fartava-me de ouvir falar nele :o)

    Hugz,
    Luis

  3. Viva Pedro.

    Recomendo o “inlife café” (bom ambiente, cerveja a preços decentes) na Moita, em particular quando toca a nuggyland.

    http://gallery.mac.com/plaureano#100220

  4. falso diz:

    Em frente ao tocsyn tens alta “covil” que so passa metal d’homem – costumava tar uma velhinha prai de 80 anos ao balcao

    • Fui umas vezes a esse, mas disseram-me recentemente no Facebook (onde fiz também esta pergunta) que ele fechou recentemente (talvez devido à morte da referida velhinha). De qualquer forma, apesar de a música ser excelente, esse era um bar iluminado com mesas a ocupar todo o espaço, onde a ideia era estar a conversar, beber uns copos e ouvir música, e mais nada. Eu queria também algum “headbanging”. 🙂 E ambiente “escuro”, tipo bar/disco, já agora. Tinha isso tudo no falecido Tocsin…

  5. Ricardo diz:

    No Disorder tens umas noites de Metal às quintas (ou pelo menos tinhas há algum tempo atrás). Mas atenção que na maior parte dos dias são mais góticos. Já não vou lá há algum tempo.

    😉

    • Algum tempo mesmo, uma vez que, pelo que acabei de investigar, mudou de nome para “Transmission” em 2007. 🙂

      Eu cheguei a ir lá como Disorder, também, mas na altura (2005 ou 2006, já não me lembro) disseram-me que houve lá uma confusão com skinheads e que tinha fechado, e tempos mais tarde passei lá à noite e estava realmente fechado. Se calhar foi na altura da tal mudança. Entretanto, nunca mais calhou passar por aqueles lados.

      Segundo o site que acabei de descobrir, as noites de metal às quintas ainda existem. Vou ver se investigo. 🙂

      • Pelo que investiguei, o Transmission continua em funcionamento, e efectivamente há heavy metal às quintas-feiras. Se tudo correr bem, amanhã vou lá. 🙂

        • velvetsatine diz:

          Se me tivesses perguntado eu ter-te-ia confirmado que o Disorder/Transmission continua em funcionamente. 😀 Embora não ponha lá os pés há anos tenho passado por lá perto com regularidade e vê-se sempre movimento por ali.
          Enjoy yourself!

  6. Hautajaiset diz:

    O santuario do rock é metal e rock, mas mais pra velha guarda ou pelo menos era, ha uns meses atras. No covil ha umas noites tematicas as vezes há metal. É estares com atenção. Embora quando se sai a noite um gajo ta sempre sujeito a confusões mas se queres saber a minha opinião o mais provavel é um gajo ter confusões com gangs e dreads, isso é que é verdade!! isso de confusões nao se passa nada, pelo menos fui tantas vezes nunca tive problemas e qqlr coisa c skins era lá assuntos deles, nada conosco. E o Transmission é bacano passa metal e as vezes ha concertos. Todos eles 3 tem bebidas a preços acessiveis e são porreiros.

  7. E em Lisboa, mesmo Lisboa, não há nada pra ninguém?

  8. Ghoulina diz:

    No bairro Alto há o nubbie. Eu chamo-lhe o bar do sueco pq o puto do balcao é sueco.
    Passa algum Heavy classico e roquenrole a montes! Dos 60’s, 70’… progressivo, hard rock.

    Fica qs em frente à tasca do Chico e ao lado do palpita-me.

  9. Nando diz:

    Hey, Dehu, eu sou um grande fã dos teus fóruns, e resolvi ver o teu blog. Recomendo-te o Eddie’s Bar, um café em Faro do Steve Harris, guitarrista dos Iron Maiden.