Arquivo da Categoria ‘Humor’

Teste do “Bom Português”

Segunda-feira, 16 de Agosto, 2010

Fiz isto na semana passada, e entretanto fui recebendo várias sugestões de pontos a acrescentar, o que fui fazendo na maioria dos casos (obrigado desde já à mailing list do PlanetGeek), e posso então dar isto como pronto: Teste do “Bom Português”.

Enjoy. 🙂 E postem os vossos resultados aqui, se quiserem.

“Deixo o seu PC à maneira”

Quinta-feira, 6 de Maio, 2010
Deixo o seu PC à maneira

Visto ontem na zona de Belém. O nº de telefone foi encoberto por mim, já que se lia perfeitamente no papel. 🙂

Teste de vídeo de YouTube – Viper’s Video Quicktags

Quinta-feira, 11 de Março, 2010

Vamos ver se isto funciona. O plugin é este (obrigado, João). A ideia é o vídeo não só aparecer, mas o HTML desta coisa ser válido.

O vídeo, já agora, inclui Douglas Adams a ler uma parte do seu livro “The Restaurant at the End of the Universe”, num programa apresentado por um Richard Dawkins incrivelmente jovem. Tinha-o nos favoritos, e é um exemplo tão bom como outro qualquer. 🙂

EDIT: funciona! 🙂

“Everything is proceeding as I have foreseen…”

Quinta-feira, 10 de Dezembro, 2009
Pope Palpatine's evil plan

Eu sou um bocado assim…

Quarta-feira, 18 de Novembro, 2009

The way to have joy is to share it with others!Mesmo quando não o menciono a ninguém (há quem seja muito susceptível a estas coisas), penso sempre coisas deste género.

“Com chuva, modere a velocidade.” Quer dizer que nas outras alturas não é necessário moderação e quanto mais melhor?

“Se a vida te fizer cair sete vezes, levanta-te oito.” Portanto, de alguma forma, tenho de me levantar uma vez estando já de pé…

“Só sei que nada sei.” Então, se nem isso souber (ou seja, se for um convencido e achar que sei muito), sou melhor ainda, certo?

Ateus “zangados”, “intolerantes” e “extremistas”

Sexta-feira, 23 de Outubro, 2009

Em resposta ao meu post recente sobre as afirmações de Saramago em relação à Bíblia e à religião, alguns dos comentários foram do género habitual: em vez de discutir factos, acusam-me a mim, e aos ateus em geral, de estarmos “zangados”, sermos “intolerantes”, “extremistas”, “tão fanáticos como os piores dos crentes”, e afins. Nem todos esses comentários estão no post, alguns foram por IM, e um deles até veio de uma pessoa cuja inteligência e cultura eu admiro.

Porquê? Porque, infelizmente, a balança tende tanto para um dos lados, e é assim há tanto tempo, que qualquer movimento no sentido contrário, por muito pequeno que seja, é chocante e parece “extremista”. Mesmo, muitas vezes, para quem também não tem qualquer tipo de crença religiosa (o famoso “eu não sou crente, mas…”).

Para mostrar como essas acusações (além de serem cobardes – porque é que não dizem onde e porque é que os ateus estão errados, em vez de se focarem no tom de voz ou de nos tentarem traçar um perfil psicológico?) são absurdas, sem qualquer justiça, e sem nenhuma relação com a realidade, deixo-vos com dois cartoons, já antigos, e que são variantes do mesmo tema:

violence-against-atheists

idt20050418bigotry

Não preciso de explicar, pois não?

Humor: como escolher uma religião

Quinta-feira, 22 de Outubro, 2009
Religion Flowchart

Fonte: Holy Taco

Agora já não há espaço para dúvidas. 🙂

Isto é TÃO típico, em informática…

Sexta-feira, 2 de Outubro, 2009

televisao-consertoFonte: Ivo Viu a Uva

Do ponto de vista do técnico, isto já me acontecia na idade das trevas da minha vida profissional, quando fazia helpdesk telefónico (lá para 1996-97), e continua-me a acontecer ocasionalmente, seja no trabalho, seja quando amigos ou familiares me pedem ajuda. Ainda há dias um laptop no trabalho não ligava… até eu carregar no botão.

Por acaso não costumo (e isto em mim até é estranho) pensar o “Louco” que o personagem do cartoon pensa; só me sinto aliviado. Mas consigo perceber perfeitamente de onde isso vem. 🙂

Do ponto de vista do cliente, por estranho que pareça, acho que nunca me aconteceu. Quando algo avaria, infelizmente avaria mesmo…

Ei, EU pensava isso quando andava de metro! :)

Segunda-feira, 20 de Julho, 2009

sheeple

Deverei “ser alvo de estudo pela ciência genética”?

Quinta-feira, 9 de Julho, 2009

Eu não devia. Aquilo é claramente provocante para ser link/commentbait, e é daquelas coisas que se fosse ao contrário, seria alvo fácil para acusações de um machismo nojento e retrógrado — se bem que por outro lado consigo perfeitamente imaginar muita gente assim. Mas isso é normal, dada a minha opinião elitista e condescendente da raça humana.

Mas não resisto. 🙂 Deste post, uma lista de coisas que os homens supostamente fazem e que irritam a autora:

  1. Não passar a banheira por água após o banho – fica o rasto dos pêlos e outros elementos impossíveis de identificar para termos mesmo a certeza que esteve lá um animalito
  2. Deixar o tampo da sanita levantado – por tampo entenda-me aquele donut onde a malta feminina se senta sempre, seja para a função 1 ou 2
  3. Não puxar o autoclismo depois da função 1 – já nem falo na 2 que aí a coisa já seria mesmo animalesca!
  4. Deixarem os sapatos na sala – nunca percebi porque se descalçam na sala…
  5. Deixar a toalha molhada em cima da cama – não sei se fazem apostas sobre o cheirinho a mofo ou se só pretendem deixar apodrecer o edredão
  6. Cortar as unhas dos pés perto de nós – eh pá, poupem-me ao clack, salta garra, clack, nova garra…
  7. Não cortarem as unhas dos pés – de forma a arranharem-nos as pernas de tal maneira que nos estão sempre a perguntar se o nosso gato anda com algum problema de raiva
  8. Não passarem os pratinhos por água depois de comer – esperando que aquilo fique tipo super cola 3
  9. Não substituírem o rolo de papel higiénico quando está no fim (ou quase) – deixando apenas uma folhinha para ver se enganam o próximo
  10. Deixarem umas duas ou três gotinhas de leite no pacote sem o substituírem – também nunca percebi esta…
  11. Não meterem o leite no frigorífico depois de se servirem – sabiam que aquilo se estraga?
  12. Deixar roupa suja espalhada pela casa – à laia de decoração pós-apocalíptica
  13. Acharem que as compras aparecem feitas por milagre – tipo pai natal semanal
  14. Deixarem as cascas de qualquer fruto seco por ali – especialmente amendoins – e depois vem o ventinho e pimba, espalha tudo!
  15. Deixarem pegadas molhadas pela casa quando saem do banho – porquê, senhores, porquê?

Deixa ver…

  1. Talvez seja comum em homens mais “simiescos”, mas — ainda hoje de manhã confirmei isso — não acontece comigo. Podia haver um cabelo ou dois no ralo quando tinha cabelo comprido, mas “pêlos”? Estaremos mesmo a falar de homo sapiens? Ou de algum “elo perdido”? 🙂
  2. Esta eu já perguntei lá no outro blog, porque realmente me surpreende; o problema da autora é que ela chega lá, não repara que aquilo está para cima, e se senta na parte fria. Para mim isso é surreal; então uma pessoa não olha antes de se sentar? Esteja para cima ou para baixo, uma pessoa põe como precisa antes de usar. Eu compreendo que depois de se viver anos sozinho (incluindo sem visitas) se passe a fazer tudo em piloto automático na nossa casa, mas não é razoável esperar manter essa total previsibilidade quando se partilha a casa com alguém.
  3. É claro que se puxa. (mas, na Rússia Soviética, o autoclismo puxa-te a TI!!)
  4. “Sala”? 🙂 Nope, quando chego a casa a primeira coisa que faço é tirar os sapatos (acho incrivelmente desconfortável manter a roupa de rua em casa)… no quarto.
  5. É uma experiência científica: quanto tempo demorarão os fungos a desenvolver inteligencia e um início de civilização? 🙂 OK, a sério, as toalhas ficam na casa de banho (se bem que preciso de arranjar forma de as estender melhor na mesma).
  6. Absolutamente nojento, IMO; unhas (pés ou mãos) cortam-se na casa de banho. Aliás, até acho mal ir-se à mesma fazer uma das duas necessidades e não encostar a porta. Mas isto sou eu.
  7. Cortam-se quando necessário.
  8. Aqui já pequei por não o fazer, mas ultimamente ando com mais atenção a isso.
  9. Nope, há sempre mais uns 2 rolos ao pé do que está a ser usado, já a pensar nisso.
  10. Às vezes pode-me escapar, mas em geral não. De qualquer forma, se assim acontecer, uso essas gotas na próxima vez, antes de abrir o novo pacote. Detesto desperdícios.
  11. É claro que volta sempre para o frigorífico. Que tipo de pessoa o deixaria de fora?
  12. Nope, só no quarto, e só mesmo se for para usar mais alguma vez, caso contrário vai para o cesto.
  13. Quem me conhece sabe que sou ao contrário… compro bem mais do que preciso, e compro mais antes de os anteriores acabarem.
  14. Não costumo comer tais coisas (para mim isso é coisa para se juntar a tascas, futebol e cervejas, hábitos esses que não são em geral parte da minha vida), mas obviamente nunca deixaria cascas de nada no chão.
  15. Porque ainda não descobriram os chinelos? 🙂 Francamente, que tipo de gente é que esta rapariga conhece? 🙂

Avon vs. Umbrella Corp.: os zombies vêm aí! E vão ser mulheres de meia idade!

Quarta-feira, 1 de Abril, 2009

Anúncio do Avon Anew (Março de 2009):

Trailer do Resident Evil: Apocalypse (2004):

OK, é desta. O apocalipse zombie vem aí. É melhor começar a barricar as casas e a juntar mantimentos e armas.

Nota: isto não é coisa de 1 de Abril. O anúncio da Avon é 100% real, e não foi lançado hoje.

Como violar os 10 Mandamentos

Segunda-feira, 30 de Março, 2009

spacemoosetencommandments

Curiosos sobre o Space Moose? É só ir à Wikipedia. 🙂

P.S. – se conhecerem os 10 mandamentos, o comic acima faz muito mais sentido, já que há um quadradinho para cada. 🙂

Dá mesmo vontade, não dá?

Segunda-feira, 30 de Março, 2009

xkcd-parking

“Police reported three dozen cheerful bystanders, yet no one claims to have seen who did it.”

Fonte: xkcd

P.S. – gente que estaciona assim devia ser empalada.

Rapariga de 14 anos presa por pornografia infantil por postar fotos… dela.

Sexta-feira, 27 de Março, 2009

Via Peter David. O post dele é curto, por isso reproduzo-o aqui:

The authorities in New Jersey who have arrested a fourteen-year-old girl on charges of child pornography. Why? Because she posted on line, supposedly for her boyfriend to see, naked pictures of herself.

Yes. Herself.

Supposedly if she’s convicted, she will be facing jail time and be forced to register as a sex offender under laws that were designed to protect people like her from…well…people like her.

Look, obviously this girl’s not the brightest bulb in the box, and were I her father I’d be mortified beyond belief. But wait…what? Child pornography? A sex offender? For putting up pictures of herself? Seriously?

PAD

O mundo está louco. 🙂

O que é que virá a seguir? “Adolescente preso por ter sexo com um menor. Estava a masturbar-se.”  🙄