Que dia, o de ontem…

De manhã, tudo normal. Depois do almoço, comecei a ter uma dor de estômago, daquelas que impedem uma pessoa de se concentrar em seja o que for. 🙁 Só passou umas horas depois, quando bebi uma Frize (que, com a minha recém-adquirida sabedoria, recomendo vivamente a quem se encontre na mesma situação), mas mesmo assim continuei relativamente mal disposto, e acabei por me ir deitar por volta das 22h (o que para mim é muito cedo, já que isso se começa vagamente a aproximar da minha world-famous definição de “não-vida”). Só hoje é que voltei à normalidade (para mim! :))

Como se isso não bastasse, a meio da tarde, ao instalar um livro novo na N-Gage, a memória encheu – aparentemente, o software de Bluetooth em Linux que eu uso aqui no trabalho envia as coisas para o telemóvel sem considerar o espaço disponível (o software da Nokia, em Windows, pelos vistos verifica isso antes). Aquilo ficou cheio de tal forma que qualquer aplicação que tentasse abrir (incluindo tentar apagar coisas) dava um erro de falta de memória. Tentei, naturalmente, desligar e voltar a ligar… e, ao ligar, não arrancava devidamente, nem chegava a pedir o PIN.


Fartei-me e fiz uma loucura: além de deixar a N-Gage para ser reparada (que penso ser apenas uma questão de limpar a memória e reinstalar o software, mas implica perder tudo), comprei um Nokia 6630. Foi bem caro, mas é um brinquedo lindo! Umas 3x mais rápido do que a N-Gage, mais memória, aplicações novas, um Bluetooth que funciona mesmo :), e uma câmera (câmara?) de 1.3 megapixels. Querem ver o que ela faz? Clickem na imagem para ver a versão completa…

6630-20050803

Um Comentário a “Que dia, o de ontem…”

  1. Kanzentai diz:

    Nice image detail 🙂

    E realmente, isso de ir deitar no mesmo dia em que se acordou é algo “unheard of” 🙂

    Quanto às dores estomacais, I can relate… embora nunca tenha experimentado uma Frize. Porém, mesmo que quisesse experimentar uma, não podia: não posso beber coisas com gás =|

    Oh, well 🙂